Precisamos falar sobre: a romantização da maternidade.

  Agora eu to em casa com o Otto desde agosto se não me engano e tá sendo bem legal por sinal. Meu seguro desemprego acaba em dezembro, e ...

 

Agora eu to em casa com o Otto desde agosto se não me engano e tá sendo bem legal por sinal. Meu seguro desemprego acaba em dezembro, e sim estou pensando em voltar a trabalhar por questões de independecia financeira. Mas se eu te contar que meu coração ta doendo vc acredita? Deve ser muito dolorido ir cortando os laços do dia a dia com um ser que saiu de dentro da gente. Mas nessa sociedade capitalista e cruel, é preciso se sustentar.

Voltei com o blog, mas não te garanto muita frequência, até porque vida mãe é complicado. E decidi escrever um texto sobre essa coisa ROMANTIZAÇÃO da MATERNIDADE.
Em primeiro lugar vamos pensar na finalidade do romance. Obviamente, deixar tudo mais bonito, com aquele aspecto amoroso, sem sofrimento. OK. Agora, o que é maternidade ? Momento em que a mulher/mãe cuida do seu bebê de maneira integral ou parcial a fim de lhe dar todo o bem estar ( que em muitos casos não é possível por questões sociais).
Unindo essas duas problematizações, devemos destacar uma terceira palavra: ILUSÃO. São existe romance na maternidade, mesmo a mulher mais rica do mundo vai sofrer em algum momento, independente das escolhas positivas ou tortuosas. GOD!

Vou fazer uma lista de coisas que acontecem durante o puerpério e ao longo da maternidade que muitas pessoas acreditam que é MIMIMI:

  1. O peito racha ( o bebê e a mamis estão se adaptando)
  2. As emoções estão a flor da pele ( mamis chora e ninguém a entende)
  3. Muitas cicatrizes de episiotomia ou cesária inflamam e podem doer por um bom tempo, afetando a vida sexual.
  4. A mãe é invisível o tempo todo quando a família quer ver o bebê.
  5. A palavra da mãe não vale de nada ( tem mais gente se metendo do que ajudando)
  6. As mães não dormem nem 4 hrs por dia ( eu ate hj durmo 3h)
  7. A gente não se alimenta, a gente engole a comida.
  8. Banho então, nem se fale.
  9. Se a mãe não tiver apoio, raramente consegue arrumar a casa.
  10. É preciso descansar o corpo e a mente para ter leite materno.
Essa lista aí é apenas a ponta do iceberg de tudo que passamos no dia a dia. A maternidade REAL é aquela que te faz levantar toda hora quando o bebe chora por estar sozinho no berço; é aquela que te faz chorar quando o bebe ta mamando no peito machucado ou quando você não consegue alimentá-lo. Aquela foto linda nos postos de saúde de uma mulher amamentando como se fosse uma rainha, é apenas uma imagem de como gostaríamos de estar. É preciso se entregar de verdade, deixar a manicure, a make, as baladas de lado. Pelo menos bem no inicio. Porque essa lista só tem a aumentar, mas no final vale a pena.



Quero saber mais

0 comentários