Masturbação: um prazer além do físico

Foto do google Masturbação feminina ainda gera um certo nojinho, medinho e um bucado de repulsa. Mas te confesso que ao me tocar pela...

Foto do google

Masturbação feminina ainda gera um certo nojinho, medinho e um bucado de repulsa. Mas te confesso que ao me tocar pela primeira vez, floresceu o grande prazer escondido: ser mulher. O tabu começa em casa, principalmente se os pais não tiverem mente aberta pra assuntos do tipo. Um conselho: siga o seu coração. 

A primeira vez que fui ao ginecologista, minha mãe fez questão de ir e achei o máximo. No corredor do consultório é sempre aquela fofoca, " nossa mas ela é tão novinha e já ta vindo no ginecologista? Aposto que já deu pra todo mundo.".Com 16 não tinha muita noção do que defender e hoje aos 23, a situação seria bem diferente.É preciso acreditar na própria realidade e fazer dela uma chave pro empoderamento. Em meus textos sempre haverá a palavra empoderamento. Se masturbar é maravilhoso, nada pode bloquear o que está em nós. 

Honestamente, acho incrível meninas recatadas que namoram anos, são héteros e afirmam que já tiveram orgasmo vaginal. Todo tipo de orgasmo existe, mas é uma questão não só física e sim psicológica. Eu ja namorei por muito tempo e nunca tive orgasmo vaginal, apenas lá no clitóris, o ponto certo. Não adianta sair mentindo pra geral, bater no peito e dizer que o namorado é foda na cama e quando está sozinha, se masturba no quarto assistindo pornô lésbico. Pára e cai na real! Chegou a hora de parar de mentir pra si e assumir pro carinha que ele não é tao bom assim. Chegar num consenso. 

Sexo oral é outra situação que muitos homens e mulheres não sabe como fazer. Cada um tem lá seus problemas  mas é necessário praticar. Entretanto, desconfie se não quiserem fazer em você, pergunte vá até o fim, porque se rolar um egoísmo, pense duas vezes em continuar com essa pessoa.

É necessário um empoderamento pra vida e pra você!

Quero saber mais

0 comentários