O ''ser'' importante -Part 4- Pautas e cachorros frios

Às 15 e 15 estávamos lá. Chegamos com muita calma e pouco saco pra falar a verdade. Joguei as fraldas Pampers tamanho M no so...



Às 15 e 15 estávamos lá. Chegamos com muita calma e pouco saco pra falar a verdade. Joguei as fraldas Pampers tamanho M no sofá novo de uma sala de estar super aconchegante. Fui até o meu primo que parecia não o ver à anos,porém, sempre nos esbarramos pela faculdade; por conseguinte fui me apresentando aos conhecidos e por final cheguei na famosa mamãe de primeira viagem.
Luíza é nome da futura herdeira, e 50 cm de largura é o tamanho exato da barriguinha (sim, eu medi mentalmente). Meu diagnóstico pra TOC não foi comprovado, mas é indiscutível.

Minha tia, que se envolve com malandros de alto nível, me mostrou a casa que inconcebível era de tamanha beleza. Foram feitas diversas reformas que couberam ao meu digníssimo primo muito suor com algumas pitadas de inconformismo capitalista, ou seja, teve que se conformar que a criatividade era a melhor solução. Acredito que com o tempo, eu consiga ver os meus primos, netos e filhos correndo pela aquela imensa casa amadeirada. Senti um pouco de saudades futuras, entende? O que ainda está por vir.

Fitava o fogo que se agravava pela lareira quando alguns parentes inoportunos começaram a conversar sobre cemitério, funeral e dinheiro. Eu já não conseguia entender mais nada, uma vez que o assunto sempre era desviado e o tema principal voltava a ser: negociações. Isso ''dá no saco''.
Me esquivei e fui comer um cachorro-quente,o importante era comer. Não pense que o meu humor é  sedento, pelo contrário,apenas cobicei pessoas mais maduras para este encontro, que não fingissem tanto um relacionamento saudável.Talvez eu tenha exagerado no 4 cachorros quentes, 2 copos de refrigerantes e um docinho que cogitava ser um Caviar disfarçado. Meu estômago estava dilatado e por pouco, não anunciei a nova grávida do chá.

A pinturas com batões começaram, e infelizmente a mamãe errou quase todos os objetos. Não, eu não fui pintada, e fiquei triste por isso. Muitas mulheres reclamavam demais, e com meu toque sutil, poderia mostrar à elas o que era ser ''eu'' mesma (não sabem o que estão perdendo).
Me desculpem os fiéis exacerbados, mas não curto nenhum pouco essa abstração de me olhar de rabo de olho por não ser o que gostariam que eu fosse. Sinto muito, mas não faço questão das suas opiniões que nos jorra a ideia de um único DEUS em uma ÚNICA religião.Viemos do mesmo lugar e voltaremos da forma pré-destinada - creio no destino e em propósitos. Eram todos olhando os meus anéis, pulseiras e coisas relevantes que pra eles pareciam demoníacos. Já imaginou seu eu estivesse bebendo? Com certeza estaria no filme'' Constantine''.

Os doces, jujubas e bolos estavam se esgotando e o povo, abondava o local sem deixar pistas, como uma cena de um crime.Triste isso. O que restou foi a bagunça e carinha de ''Tô cansada, seus filhos da puta'' de uma mulher que precisava atenuar. Ajudei como pude e limpei o máximo do que era possível.

Era 6 e 20 da tarde e a dor de estômago só aumentava, foi aí que meu pai teve a grande ideia de partir a fim conseguir tempo para buscar a minha mãe pelo serviço, que terminava ás 7 da noite em ponto.
Inacreditável é o meu coração. Não consegui tirar o tal indivíduo do restinho de esperança que ainda tenho de vê-lo. Mas ainda não sei porque me pego até mesmo no carona do carro, olhando pra foto dele no celular.

Estava prestes a ter um choque de realidade quando meu pai estacionou o carro enfrente ao Job sufocante de minha mãe. Segundos estáticos até que a ''rainha da cocada preta'' entrasse pela porta de trás e começasse a falar sobre os equívocos da empregada. Assim foram 15 min até chegar enfim em casa.
E para minha nada surpresa, amanhã será um dia fatídico. Tentarei buscar o meu laudo médico sobre o suposto mistério que afeta a minha saúde desde de setembro de 2012. Não quero ficar ansiosa pelo resultado e acredito que nem você. Volto amanhã, com novidades desagradáveis ou não, quem sabe.

Amanda Belém

Quero saber mais

3 comentários